Profissional médico-veterinário, você pode ser um responsável técnico melhor. Valorize-se.

Na imagem, a frase “eu não posso”, sendo cortada por uma tesoura e ilustrando a frase “eu posso”.

O CRMV-RJ tem acompanhado recentemente a banalização da função de Responsável Técnico (RT) em nosso estado e uma grande quantidade de processos cíveis e éticos contra estes profissionais.

O Conselho alerta que o Responsável Técnico deve ter a consciência de que é o legítimo representante do seu Regional na proteção do consumidor ou cliente, quer atuando na indústria ou no comércio de produtos de origem ou uso animal, quer em entidades profissionais como hospitais, clínicas e demais atividades inerentes à Medicina Veterinária. Ser RT veterinário de um estabelecimento implica em responder legalmente pelos atos técnicos e também eticamente por tudo que é realizado na empresa.

O Responsável Técnico Veterinário deve ter a consciência de que sua função não é meramente burocrática. Mostre valor ao seu serviço, criando CheckLists, POP’s (procedimentos operacionais padrão) e rotinas de averiguação de riscos.

A função de RT deve ser valorizada e exaltada. Isso depende de você, profissional. Você é importante e fundamental para quem contrata seu serviço. Seja imparcial e crie uma relação profissional com quem contrata seu serviço. A sua atuação é com a sociedade, a protegendo. Quer um conselho? Valorize-se!

Scroll to Top