Nota de esclarecimento – jornalista questiona vacinação prioritária contra a Covid-19 aos médicos-veterinários

Nota de esclarecimento

O Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado do Rio de Janeiro (CRMV-RJ) vem a público esclarecer ao jornalista esportivo, carioca e blogueiro, Mauro Cezar, que recentemente em suas redes sociais questionou a vacinação prioritária contra a Covid-19 aos médicos-veterinários.

Prezado jornalista, o CRMV-RJ esclarece que o trabalho dos médicos-veterinários vai muito além das clínicas e dos consultórios veterinários destinados aos animais de companhia.

São mais de 80 áreas de atuação: eles são imprescindíveis para que o leite, o queijo, a carne, o mel e todos os produtos de origem animal possam ser consumidos pela população brasileira com toda segurança e qualidade; têm papel fundamental na agropecuária brasileira, contribuindo para o crescimento do PIB nacional, podem trabalhar como docentes e peritos criminais, judiciais e administrativos; realizam pesquisas em alimentos; participam da produção de vacinas e de medicamentos de uso animal; entre outros.

São esses profissionais, por exemplo, que realizam visitas domiciliares para o diagnóstico de risco à saúde na interação entre os seres humanos, os animais e o meio ambiente. É também ele quem trabalha na prevenção, no controle e no diagnóstico situacional de doenças transmissíveis ao homem pelos animais, as zoonoses; é o caso da raiva, leptospirose, brucelose, tuberculose, dengue, febre amarela, dentre outras.

Além disso, desde 1998, com a publicação da Resolução nº 287, do Conselho Nacional de Saúde (CNS), os médicos-veterinários integram a lista de profissionais de saúde e estão contemplados no Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19, elaborado pelo Ministério da Saúde.

O CRMV-RJ se coloca e sempre se colocou à disposição de todos os meios de comunicação e jornalistas para dirimir dúvidas, visando o bem-estar da Saúde Única (One Health): humana, animal e ambiental.

Tenha no médico-veterinário um guardião da saúde nacional.

O alimento que sua família consome passou pelas mãos deste profissional que garantiu a segurança e qualidade deste alimento.

A sociedade está protegida com o médico-veterinário ao seu lado.

Scroll to Top