CRMV-RJ realiza último Vet Meeting do ano, que ocorreu em Maricá, e reúne centenas de participantes

Com a presença de centenas de profissionais e estudantes, o Conselho Regional de Medicina Veterinária do Rio de Janeiro (CRMV-RJ) realizou o último Vet Meeting do ano, que ocorreu no Auditório Manoel Lago do Banco Mumbuca, em Maricá. Durante o ano, esta autarquia realizou mais de 20 encontros com esse foco em diferentes cidades das oito regiões do Rio de Janeiro. O objetivo desses eventos é elevar o bom nome da Medicina Veterinária e da Zootecnia, além de aproximação com os profissionais.

No início da tarde, os profissionais participaram do Curso de Responsabilidade Técnica, ministrado pelo superintendente executivo e jurídico, André Siqueira, e pelo vice-presidente do CRMV-RJ, Diogo Alves. Na ocasião, os participantes puderam conhecer com maior abrangência as funções do Conselho, assim como a importância do órgão para a sociedade; os aspectos jurídicos da responsabilidade técnica, civil e penal; assim como sobre charlatanismo, estelionato, falsidade ideológica, maus tratos a animais, entre outros temas pertinentes.

Já no período da noite, o médico-veterinário Leonardo Waldstein (CRMV-RJ 7164) abordou em sua palestra o tema “Monitorização do paciente cirúrgico: Será que estamos fazendo o certo?”.

A médica-veterinária Raquel Vicente Ferreira (CRMV-RJ 18.367), que mora em Rio das Ostras, foi uma das participantes do curso de Responsabilidade Técnica. Atuando como clínica de pequenos animais na cidade em que vive, a profissional contou que também pretende trabalhar com responsabilidade técnica.

“Eu gostei muito do curso e achei as informações muito pertinentes, principalmente porque acabei de me formar e tenho interesse em me tornar responsável técnico. As informações passadas, tanto juridicamente, quanto da parte veterinária foram muito esclarecedoras para mim e, a partir de agora, já terei mais cautela, saberei como proceder em cada lugar que eu serei responsável técnico e ser sempre o mais ética possível, tentar sempre tornar que o estabelecimento funcione perfeitamente para o empreendedor e para os veterinários que lá atuem”, declarou.

A formanda em Medicina Veterinária, Priscila Mendes de Oliveira, que mora em Maricá, participou tanto do curso de Responsabilidade Técnica como da palestra ministrada pelo doutor Leonardo Waldstein. Ela elogiou o CRMV-RJ por levar educação continuada aos profissionais do estado do Rio de Janeiro e possibilitar que muitos – que não tinham como de participar das palestras na sede, localizada na cidade do Rio de Janeiro – também fosse alcançado.

“As palestras foram muito importante, principalmente o curso de Responsabilidade Técnica, pois muita informação a gente não sabia e não tinha acesso e, hoje, saímos daqui mais preparados”, explicou Priscila, que atualmente faz estágio na área de reproduções de equinos.

Scroll to Top