Projeto Médicos-Veterinários de Rua no Rio de Janeiro presta assistência a pessoas e animais em situação de rua

Você já conhece o projeto Médicos-Veterinários de Rua no Rio de Janeiro?

O projeto Médicos-Veterinários de Rua no Rio de Janeiro começou, efetivamente, em 23 de maio de 2021 com a presença de um médico-veterinário e oito alunos da Universidade Santa Úrsula na ação da ONG Médicos do Mundo. O intuito deste projeto é promover aos alunos de graduação condições de atividades de extensão universitária para que estes possam praticar atendimento clínico, cuidados básicos, orientações de Saúde Pública, pesquisas aprovadas por Cômite de Ética, interação ativa com o responsável (pessoa em situação de rua e/ou vulnerabilidade social) e percepção de realidades que estão presentes no nosso dia a dia e, às vezes, com recursos reduzidos, motivando a estes futuros profissionais melhorarem a cada dia seus estudos e percepção do todo, ou seja, sendo cidadãos de fato.

“Nosso projeto apresenta aos médicos-veterinários e alunos voluntários a importância da Saúde Única, no que tange a Saúde Animal (os pacientes pets que atendemos), a Saúde Humana (noções de higiene e cuidados a respeito de zoonoses) e a Saúde Ambiental (região onde os responsáveis/ pessoas em situação de rua e em vulnerabilidade social habitam). Ainda em prol do próximo, ressaltamos a conscientização dentro da sociedade que vivemos, sobre a importância no cuidado com o nosso semelhante e os nossos pacientes pets, quer seja a nível físico (alterações orgânicas), quer seja a nível psicológico (distúrbios adquiridos ou congênitos). Prezamos pela audição ativa, percepção real do que o nosso interlocutor nos relata e pondera, buscamos desenvolver a empatia, a compaixão, o amor ao próximo de fato, e não para autopromoção ou ego, algo que não concordamos ou tampouco aceitamos em nossas atividades”, explicou o médico-veterinário e coordenador do grupo, Marco Antonio Andrade Rodrigues (CRMV-RJ 9.954).

O Projeto Veterinários de Rua é o braço direito da Associação Médicos do Mundo. Esse projeto já ocorre em São Paulo e, recentemente, foi premiado na X Conferência Internacional de Medicina Veterinária do Coletivo. Atualmente, dentro da Medicina Veterinária, o projeto conta diretamente com 42 voluntários envolvidos.

A ideia de trabalhar em prol dos animais em situação de rua no Rio de Janeiro surgiu durante as ações do Grupo de Assistência Mãos que Cuidam, que realiza distribuição de quentinhas, água, guaraná natural, kits de higiene e cobertores a pessoas em situações de vulnerabilidade na Candelária, no Centro do Rio.

O Médicos-Veterinários de Rua no Rio de Janeiro já atendeu – de pacientes caninos e felinos – 160 animais nas nove ações realizadas até fevereiro de 2022. As ações acontecem no último domingo de cada mês no Largo Da Carioca, Centro da Cidade do Rio de Janeiro, atrás do prédio do Infocentro / Caixa Econômica Federal. A próxima será no próximo dia 27 de março.

Para entrar na lista de espera e participar do projeto, envie uma mensagem para o direct do Instagram @veterinariosderua.rj, com os seguintes dados: nome completo, telefone, e-mail, universidade e período.

Marco Antonio Andrade Rodrigues

Marco Antonio Andrade Rodrigues é graduado em Medicina Veterinária (2009) pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro; pós-graduado em Controle de Qualidade de Produtos de Origem Animal (UFLA – 2009/2011) e Clínica e Cirurgia de Pequenos Animais (Qualittas – 2017/2019). Atua na prática de Clínica Médica e Cirúrgica (Tecidos Moles) em parceria com Clínica Veterinária e no atendimento domiciliar personalizado; além de ser oficial médico-veterinário na Marinha do Brasil desde 04 de maio de 2015, atuando nas áreas de Sanidade Animal nos Canis do Corpo de Fuzileiros Navais e no Controle de Qualidade de Produtos de Origem Animal, Controle de Pragas e Vetores e instrutor na área de Segurança dos Alimentos pela Comissão de Estudos de Alimentação das Forças Armadas do Ministério da Defesa.

Scroll to Top