Nota de repúdio

Nota de repúdio - racismo

O CRMV-RJ repudia de forma veemente os atos racistas praticados contra a médica-veterinária Talita Santos e manifesta toda a solidariedade e apoio a esta profissional.

Enquanto ministrava uma palestra online com o tema: “Principais doenças relacionadas ao manejo”, nesta quinta-feira (18) no Grupo de Estudos de Animais Selvagens (Geas) da Universidade Estadual Paulista (Unesp) de Botucatu, Talita – especializada em Pets não convencionais – sofreu diversos ataques racistas, onde pessoas desconhecidas abriram o áudio da live colocando som de macacos, falas e imagens do atual presidente do país, além de comentários de forma escrita.

A divulgação desses casos é fundamental para coibir tais atos e incentivar mais pessoas que passaram por situações parecidas a denunciarem tal crime para que não haja impunidade.

“O Brasil é um país com uma enorme diversidade cultural, religiosa, étnica e racial. Entretanto, no que tange à questão racial, é preciso evoluir e muito. A injúria racial, infelizmente, é uma realidade na sociedade brasileira. O CRMV-RJ combate, coíbe e repudia qualquer forma de injúria racial a todo e qualquer médico-veterinário e Zootecnista no Brasil”, ressalta o vice-presidente do CRMV-RJ, Diogo Alves.

Scroll to Top